Quem É e Quem Foi Jesus?

Quem É e Quem Foi Jesus?
Quem É e Quem Foi Jesus?

Quem é e quem foi Jesus? Conheça o Jesus histórico e o Jesus bíblico, veja como o nosso Senhor Jesus transformou toda a humanidade.

Jesus é a maior personalidade de todos os tempos. Ele dividiu a história da humanidade em duas partes e transformou a vida de bilhões de pessoas. Não é à toa que, mesmo depois de mais de 2 mil anos, ele ainda inspira debates em todo o mundo, pesquisas, estudos, escavações, análises e buscas constantes para responder a pergunta “quem é Jesus?”.

A busca por provas do Jesus histórico ajuda a comprovar a existência do Jesus da bíblia. Mas para entender quem é Jesus, precisamos compreender desde o início de sua existência até a forma como ele é visto atualmente.

O Jesus histórico versus o Jesus da bíblia

As escrituras sagradas nos apresentam Jesus como Filho de Deus, criado e enviado por Ele para lavar os pecados do mundo, permitindo que possamos ir para o reino dos céus através do arrependimento sincero e de uma vida correta. Ele ressuscitou e ascendeu ao céu, mas regressará.

A bíblia mostra que em sua passagem pela Terra ele pregou o amor, a bondade e o perdão, arrebatando inúmeros fiéis que passaram a segui-lo. Ele trouxe a palavra do Pai e a pregava, esclarecendo aqueles que eram humildes e ouviam. Ficou conhecido pelos milagres que operava e por morrer crucificado mesmo não sendo merecedor, apenas para expiar os pecados do mundo.


O Jesus histórico é uma tentativa de reconstruir a figura do Cristo de forma acadêmica, usando o evangelho como principal fonte biográfica, mas buscando fontes externas para corroborar o Jesus da bíblia. São levados em conta outros registros históricos, descobertas arqueológicas e estudos historiográficos e sociológicos para entender qual era o contexto social, religioso e histórico em que Jesus viveu.

A partir dessa compreensão mais ampla e de outras provas, como relatos de fontes diferentes, é construída a imagem do Jesus histórico. Os acadêmicos concordam que Jesus existiu, nasceu em uma família pobre, ganhou notoriedade por suas pregações e morreu crucificado por Pôncio Pilatos. Entretanto, há uma racionalização do ponto de vista histórico que questiona a confiabilidade das informações dos evangelhos por terem sido escritos por homens de fé.

Quem é Jesus hoje?

Se a teologia interpreta Jesus em relação à tradição cristã e o historiador busca entendê-lo em relação aos seus contemporâneos e de forma racional, quem é Jesus? Como o vemos hoje?

Jesus é o Filho de Deus e nada muda esse fato. Embora a vertente histórica seja povoada por ceticismo, mesmo assim não se pode ignorar a existência de Jesus e contestar os relatos de fé presentes na bíblia. Dessa forma, podemos usar as descobertas históricas como ferramenta para reafirmar aos céticos a vida de Jesus entre nós.


Hoje, Jesus é o grande modelo seguido pela humanidade, com cristãos espalhados por todo o mundo em diversas religiões. Apesar de algumas divergências religiosas, Jesus une a maior parte do globo sob sua fé, seguindo as palavras de seu Pai. Mesmo aqueles que tentam questionar o cristianismo concordam com a existência de Jesus e não podem negar a magnitude que os seus ensinamentos tomaram.

DEIXE SEU COMENTÁRIO LOGO ABAIXO

Quem é Deus?

O Deus Histórico e o Deus Bíblico
Quem é Deus?

Quem é Deus? Como Deus surgiu? Saiba tudo sobre o Senhor que criou os céus e a terra. Saiba sobre o deus histórico e o Deus bíblico.

Quem é Deus? Você já se fez essa pergunta? Com certeza muitos de nós já passaram horas estudando e refletindo para tentar descobrir a resposta correta para essa questão tão profunda e relevante.

Todas as culturas em algum momento já fizeram essa pergunta e tentaram respondê-la ao seu modo. Entretanto, a forma como a humanidade entende Deus mudou ao longo dos séculos e milênios, acompanhando a evolução humana e o desenvolvimento da nossa capacidade de desvendar alguns mistérios divinos, por isso há muitas diferenças entre o Deus histórico e o Deus da bíblia.

Antes, o homem tinha uma visão muito primitiva e equivocada de Deus, conceituando-o como uma coisa. Hoje, essa visão mudou completamente e, embora não saibamos todos os seus mistérios, a teologia permite entender de forma mais objetiva e verdadeira quem é Deus.

Na Antiguidade

O Deus histórico já tomou muitas formas e nomes. Os povos antigos cultuavam divindades distintas, as quais chamavam de deuses, e não um Deus único. Eles viam Deus se manifestar em tudo, dissolvido na natureza. Ele era a água correndo num rio, a grama, os pássaros, o homem, tudo que existia.


Isso originou a ideia de deuses específicos para cada coisa (da fertilidade, da sabedoria, do amor, da morte). Havia a ideia do divino, mas não o conceito de Deus que temos hoje, o divino era fragmentado para atender necessidades específicas.

Depois, os gregos colocaram Deus sob o domínio da razão. O chamado deísmo usa a razão para argumentar a existência d’Ele, determinando que o mundo foi originado por Deus, que também definiu as leis da natureza.

Embora os gregos tenham mostrado que a divindade suprema deveria estar relacionada ao bem, à beleza e ao próprio homem, sua visão isolava Deus do homem e colocava a inteligência humana através das leis da natureza e da ciência, como única forma de compreender Deus.

Dessa forma, o homem tentou durante séculos definir “o que é Deus?”, colocando-o no mundo das coisas, conceituando o Senhor como algo que pode ser completamente desvendado por nossos olhos ou racionalidade.

A revelação de Deus

Posteriormente, temos a revelação de quem é Deus através do judaico-cristianismo. As escrituras representam Deus como onipotente e onisciente, o criador de tudo aquilo que existe e também a origem de toda força natural. Essa existência divina é anterior à existência do mundo, sendo que o mundo é completamente dependente de Deus.


O Deus da bíblia está fora do universo, é um ser celeste e perfeito, distante e acima do mundo e da humanidade. Porém, esse Deus atua com liberdade e amor, nos dando o livre-arbítrio (sendo seu uso equivocado a origem do mal) e tentando nos salvar apesar das nossas atitudes equivocadas.

Deus, Ser Supremo e Criador do universo, vai em busca do homem como um amigo que perdoa nossas faltas. Ele está constantemente ativo, intervindo no mundo quando necessário. A revelação da verdade por parte das escrituras nos responde quem é Deus, permitindo que entendamos sua grandeza, sua infinita bondade e amor.

COMENTE ABAIXO E DIGA QUEM É DEUS PRA VOCÊ

Quem São os Protestantes? - Estudo das Religiões - Protestantes

Mais uma estudo teológico agora sobre os protestantes. Descubra a origem e fé desse religião que vem crescendo a cada dia. Quem São os P...